Catolicismo Romano
Chiesa Cattolica Italiana
Associação Madre Cabrini
Provincia di Roma
Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
UNIDADE COMPOSTA PDF Imprimir E-mail

Os trinitários, refutando a apresentação dos unitários, sustentada principalmente em Deuteronômios 6:4, discorrem sobre a "unidade composta" de Deus.

Certos unitários concebem Jesus como um anjo criado, negando-lhe a natureza Divina, enquanto outros o vêem apenas como um homem perfeito ou dotado de um caráter exemplar, modelar, embora rejeitem a sua pré-existência e divindade.

Os trinitarianos refutam o entendimento, dado por alguns unitários em suas cartilhas catequéticas, de que a Santíssima Trindade seriam três deuses, o que consideram uma provocação insultuosa ao credo monoteísta.

Os unitários entendem que o citado versículo ("Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor") excluiria o Filho da divindade e da unidade com o Pai. Os trinitários reagem que aceitam e concordam que: há um só YHVH, e que o presente versículo em nada ofende, mas ajuda a explicar o conceito de unidade composta, fortalecendo o entendimento sobre referido dogma.

"Ouve, Israel, o Senhor (YHVH) nosso Deus é o único (echad) Senhor (YHVH)".

A palavra hebraica originalmente usada para chamar YHVH de "único" é "echad", que é pronunciada "errad". Echad é a palavra usada para expressar unidade composta. Quando se deseja expressar a unidade absoluta, a palavra usada é "yachid", que tem a pronúncia "yarrid".

Também Faraó teve "um" sonho que tinha "dois" acontecimentos que o intrigaram e José, antes de interpretar, disse: o sonho é "um" (echad) só, dando clara conotação que Faraó tivera "dois" sonhos em "um", ou "um" sonho sobre um "evento" com duas personificações que diziam a mesma verdade. Percebeu José que o sonho era "um só", usando o termo "echad" que significa um conjunto fazendo "uma unidade".

Para que seja mais bem compreendido o termo echad, em Gênesis 2:24, o homem deve[ria] "deixar seu pai e sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne". Nesse versículo novamente encontra-se o termo "uma carne" empregada como unidade (echad), significando unidade composta.

Se o texto quisesse expressar a unidade absoluta, teria usado a palavra "yachid". Marido e mulher são pessoas distintas, entretanto, no plano espiritual, seus corpos sendo unos.

Como no caso de marido e mulher, há existência de pessoas distintas, contudo eles se fazem "um", no que a Bíblia denomina de "mistério". Não há um maior que o outro no enlace do casamento, mas um deles é considerado o "pai de família", enquanto o outro é denominado: "ajudadora" ou "sua costela"; contudo o texto dá entendimento que saíram do mesmo "corpo" adâmico e devem andar lateralmente, nem atrás, nem à frente, mas em unidade composta e "igual", como um só.

Os trinitários não pretendem explicar o funcionamento das turbinas quando decolam nos aviões. Assim também não é uma questão simplesmente racional, mas também de fé.

Entretanto, as Escrituras dão pistas sim sobre a pluralidade do único Deus YHVH, como ver-se-á mais à frente; contudo, ainda sobre o Deuteronômio 6:4 ficará mais facilmente compreendido na versão da TNM que é descrita na Wikipédia da seguinte forma:

"YHWH, nosso Elohím, é um só YHWH" ou seja, "Jeová, nosso Deus, é um só Jeová".

Com a transcrição acima pode-se perceber o entendimento sobre a unidade composta, pois o termo Elohím é plural, ainda que se fale na pessoa de YHVH como "unidade".

Conforme nos explica Warren Wiersbe: "O termo [echad] é empregado dessa forma em Gênesis 2:24, descrevendo a união de Adão e Eva, e também em Êxodo 26:6 e 11, para descrever a "unidade" das cortinas do tabernáculo."

Como havia a tradição dos escribas na transcrição dos pergaminhos letra por letra, não acreditam os trinitários que houvesse "erro" ou "acidente", contudo destinava-se ao propósito de referir-se ao Deus único em pluralidade de pessoas. Desta forma é aceito pelos que crêem na Santíssima Trindade que Pai, Filho (Jesus) e Espírito Santo são a unidade plural de YHVH, pois o único (echad) Elohim (Deus) é YHVH.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress