Provincia di Biella
Provincia di Roma
Associação Madre Cabrini
Chiesa Cattolica Italiana
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Catolicismo Romano
MOSTEIRO DE SÃO BENTO EM VINHEDO, INTERIOR DE SÃO PAULO PDF Imprimir E-mail


Mosteiro de São Bento em Vinhedo, interiro de SPNo século XIX, a Ordem Beneditina do Brasil foi quase supressa devido às leis anticlericais que fecharam os noviciados da ordem. Com o advento da República e a separação da Igreja do Estado, monges alemães da Congregação de Beuron chegaram ao Brasil e repovoaram os mosteiros, aceitando noviços. Em 1905 o Mosteiro de São Bento de Santos tornou-se Priorado Independente e começou um reflorescimento da vida monástica. Porém, a história tomou novo rumo quando o Brasil entrou na Segunda Guerra Mundial. Devido à presença de alemães entre seus monges o mosteiro foi fechado e os monges forçados a deixar Santos em 24 horas.

Um monge beneditino de São Paulo tomou conta do mosteiro por vários anos, não deixando interromper a presença beneditina em Santos, especialmente no Santuário de Nossa Senhora de Monte Serrate. Os monges, expulsos de Santos, passaram um ano na capital, e mais dois anos em Jundiaí, SP, comprando a fazenda Bela Vista, na cidade de Vinhedo-SP ai se estabelecendo no ano de 1948. Infelizmente a comunidade não floresceu em Vinhedo. Depois da guerra, os poucos monges (quatro) dividiram-se entre os cuidados com Santos e a administração da enorme fazenda em Vinhedo. Expressão da divisão do mosteiro era o nome assumido: Mosteiro de São Bento de Santos em Vinhedo.

No ano de 1963, Dom Martinho Roth, O.S.B., então prior do mosteiro de São Bento de Santos em Vinhedo e sua pequena comunidade, decidiram pedir ajuda à Arquiabadia de Saint Vicent, em Latrobe, Pensilvânia, nos Estados Unidos. A esperança e a fé da comunidade de Vinhedo foram recompensadas quando, em 1964,

O então Arquiabade de Saint Vincent, Dom Rembert Weakland, o.s.b., enviou os quatro primeiro monges (Dom Léo, Irmão Lamberto, para o Brasil. A Comunidade passou então a pertencer à Congregação Beneditina Cassinense Americana.

No inicio da década de 70, a comunidade construiu e inaugurou um novo mosteiro, estabelecendo-se definitivamente em Vinhedo.  Aí os monges norte-americanos, juntamente com os alemães que sobreviveram (Dom Martinho e Dom Mathias), reduziram a grande fazenda, construíram uma Casa de Retiros Ecumênica (Casa Siloé) e começaram um ardoroso trabalho nas comunidades da região, fundando paróquias (São Sebastião e Nossa Senhora de Lourdes) e diversas comunidades, além de desenvolverem um intenso programa de formação para religiosos(as), jovens e casais na Casa Siloé.

A presença dos monges de Saint Vincent marcou muito a  vida eclesial da cidade de Vinhedo nas décadas de 60 a 90 do século passado.

A Igreja do mosteiro pode ser visitada, diariamente, das 8 às 17h30 horas.

Aos domingos e sábados das 8 às 11h30 e das 15 às 17hs30.

Todas as celebrações litúrgicas são abertas ao público e os horários são os seguintes:

Domingos:

06hs30 - Ofício das Leituras e Laudes

08hs00 - Solene Celebração Eucarística - Missa (Canto Gregoriano)

10hs00 - Celebração Eucarística - Missa

12hs00 - Hora Sexta

18hs00 - Vésperas
Bênção do Santíssimo Sacramento

19hs30 - Completas

Segunda a Sábado:

05hs30 - Ofício das Leituras e Laudes

06hs20 - Celebração Eucarística

12hs00 - Hora Sexta

18hs00 - Vésperas

19hs30 - Completas (nas Vésperas de Solenidades, Ofício Solene de Vigília)

Estes horários podem mudar, especialmente nas solenidades, feriados e dias santos.

Telefone (19) 3826-7780
(8 às 11h30 e das 14h00 às 17hs)

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress