Catolicismo Romano
Associação Madre Cabrini
Provincia di Roma
Provincia di Biella
Chiesa Cattolica Italiana
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Nossa vida terrena está sempre fixa a um fio muito tênue que pode desprender-se a qualquer momento PDF Imprimir E-mail

Acautelai-vos da avareza. Cuidado com a avidez, é o que hoje nos ensina Jesus. Cuidado com a avidez.

Ainda que a vida de um homem esteja na abundancia de bens, ainda que ele viva cercado de muitos bens, ainda que ele tenha imóveis e boas reservas financeiras, sua vida não depende de nada daquilo.

E a parábola do rico insensato, vem imediatamente a seguir, como que a mostrar que nós estamos neste mundo suspensos por um fio muito tênue, que pode a qualquer momento arrebentar-se.

Nenhum de nós está fixo, estavelmente nesta vida.

Quanta gente hoje despertou sem que pensasse longinquamente que este seria seu último dia?

Quanta gente hoje despertou sem imaginar que dentro de poucas horas não estaria mais com vida? Pode ser um acidente qualquer... pode ser um homicídio... pode ser um latrocínio, pode ser um infarto fulminante...

A Nossa vida aqui neste mundo está sempre fixa a um fio muito tênue que pode desprender-se a qualquer instante.

E com esta parábola, Jesus mostra a insensatez de quem imagina que terá um tempo enorme pela frente e que poderá ainda usufruir muito de seus bens materiais.

Louco, nesta mesma noite te pedem contas de tua vida. E tudo aquilo que juntaste para quem ficará?

Sim, carísssimos leitores, existe uma verdadeira doença. É uma patologia psicológica e espiritual, mas verdadeira patologia.

Aquela de não se contentar com o que tem. Aquela de se querer ter sempre mais e melhor, multiplicando artificialmente necessidades.

Não se importando minimamente com o seu relacionamento com Deus, com o teor de sua vida cristã.

Não se importando minimamente em se enriquecer para Deus. Não se importando minimamente com a sua eternidade. Esta vida é a única, esta vida de qualquer modo é mais importante e para ela vale a pena sacrificar tudo.

Suprema insensatez da qual hoje, Jesus, respeitando porem a nossa liberdade nos põe de sobre aviso. Não busquemos esse teor de vida. Queremos enriquecer-nos?

Existe uma riqueza que não perece conosco, agrega-se a nós e caminha conosco para a eternidade.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress