Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Chiesa Cattolica Italiana
Associação Madre Cabrini
Catolicismo Romano
Provincia di Roma
VIRGEM MARIA: MÃE DE DEUS PDF Imprimir E-mail

 

De acordo com a Mariologia católica, "Deus escolheu gratuitamente Maria desde toda a eternidade para que fosse a Mãe de seu Filho: para cumprir tal missão, foi preservada do pecado original desde a sua concepção" (Imaculada Conceição).

O arcanjo Gabriel anunciou à Virgem Maria que Deus faria com que ela concebesse Jesus "do Espírito Santo", ou seja, em virgindade e sem participação de homem algum.

Logo, o Espírito faz dela a Mãe de Cristo e, como Jesus Cristo é o próprio Deus encarnado, também a Mãe de Deus.Maria aceitou obedientemente esta missão divina tão necessária à salvação. Casou-se com São José, que assumiu a paternidade terrena de Jesus, mas, mesmo assim, ela conseguiu conservar a sua virgindade por toda a vida.

Devido ao fato de ter concebido Jesus, que é a Cabeça da Igreja, ela torna-se, por isso, também na "Mãe da Igreja" e na "verdadeira Mãe dos vivos", sendo a sua maternidade espiritual estendida "a todos os homens que Jesus veio salvar". Ela "coopera com amor de mãe no nascimento e na formação na ordem da graça" de qualquer ser humano.

 

Após a sua assunção ao céu, ela "continua a interceder pelos seus filhos e a ser para todos um modelo de fé e de caridade". Os católicos "veem nela uma imagem e uma antecipação da ressurreição que os espera", sendo por isso o "ícone escatológico da Igreja" (ou a realização mais perfeita da Igreja).

O culto de veneração a Maria (chamado de hiperdulia) difere "essencialmente do culto de adoração, prestado apenas à Santíssima Trindade". O culto mariano é expresso "nas festas litúrgicas dedicadas à Mãe de Deus", nas peregrinações aos locais onde Maria apareceu e "na oração mariana, como o santo Rosário". Uma das principais causas da devoção popular e do culto a Maria tem a ver com a crença dos católicos na poderosa intercessão de Maria junto de Deus, o destinatário último de todas as orações e pedidos dos homens.

 
< Anterior
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress