Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Associação Madre Cabrini
Catolicismo Romano
Provincia di Biella
Provincia di Roma
Chiesa Cattolica Italiana
A ORAÇÃO - PARTE II PDF Imprimir E-mail

 

O que é a oração:

Para Santa Terezinha "é um impulso do coração, é um simples olhar lançado ao céu, um grito de reconhecimento e amor no meio da provação ou no meio da alegria."

Realmente há várias definições para "oração." Santo Ambrósio define como: "A oração é a elevação da alma a Deus ou o pedido a Deus dos bens convenientes."

Uma outra frase que também explica com eficácia o que é a "oração" é: "é uma conversa com Deus."

As Igrejas protestantes diferenciam a palavra "orar" da palavra "rezar." Na nossa Igreja não há diferença.

Quais os tipos de oração:

Há vários motivos para orar e vários tipos de oração:

a) Bênção e a adoração (exaltação de Deus como o Senhor);

b) Súplica, onde se implora com insistência alguma coisa;

c) Iintercessão, onde se pede por alguém;

d) Ação de graças (principalmente a oferenda da Santa Igreja na Missa);

e) Louvor (cantar e dar glória a Deus);

f) A oração ao Pai, ao Filho, ao Espírito Santo, aos Anjos ou aos Santos intercessores;

Entre as expresões de oração temos:

a) A oração vocal (por palavras);

b) A meditação (é uma reflexão. Põe-se em oração o pensamento, a imaginação, a emoção e o desejo. Normalmente utiliza-se um livro, como a Bíblia, por exemplo ou o Rosário de Nossa Senhora. É de grande valor espiritual);

c) A oração mental (é um olhar de fé em Jesus, uma escuta da palavra de Deus, um silencioso amor)

Como orar:

Para nos aproximarmos de Deus em oração é preciso em primeiro lugar termos em mente que Ele é Deus. Por isso devemos assumir nossa pequenez, nosso nada diante dEle e orar com simplicidade e humildade, recohecendo e aceitando a Sua vontade acima da nossa.

Diz o Catecismo da Igreja que a humildade é a disposição para receber gratuitamente o dom da oração.

Os lugares mais favoráveis à oração são o oratório pessoal ou familiar, os mosteiros, os santuários de peregrinações e, sobretudo a Igreja, que é lugar próprio da oração litúrgica para a comunidade paroquial e o lugar privilegiado da adoração eucarística.

É importante que não se tenha pressa na hora da oração. Entregue-se nas mãos de Deus e ore.

É útil lembrar que, na oração do terço ou rosário, não pedimos a Maria, mas a Jesus. O terço nos dá o dom de orar com o coração. Durante a reza do terço Maria está orando conosco também, intercedendo a Jesus.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress