CREDO IN LATIN
Catolicismo Romano
Chiesa Cattolica Italiana
Associação Madre Cabrini
Provincia di Roma
Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Enquete
O que você sabe sobre catolicismo romano?
 
Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
COMO SE VESTIR ADEQUADAMENTE PARA FREQUENTAR A IGREJA CATÓLICA? PDF Imprimir E-mail

COMO SE VESTIR ADEQUADAMENTE PARA FREQUENTAR A IGREJA CATÓLICA?Infelizmente nos dias de hoje, perdeu-se total respeito com as vestes dos católicos ao frequentarem à Igreja, mais especificamente à Santa Missa. Afinal, como deve ser a indumentária apropriada para entrar na Igreja e assistir as celebrações litúrgicas? O Vaticano nos dá a resposta!

 

Todos nós sabemos que o Vaticano tem regras severas sobre o vestuário, tanto em São Pedro quanto nos Museus

As pessoas não podem andar trajando roupas curtas (saias ou shorts acima do joelho), nem decotadas ou sem mangas, ombros expostos ou costas de fora (regra que deveria ser seguida em todos os Templos da Igreja Católica).

Ocorre que, apesar disso, parece que algumas pessoas se faziam de analfabetas e teimavam em andar trajando roupas inadequadas e indecentes.

Como lidar com essas pessoas?

O Vaticano resolveu, literalmente, desenhar as regras para os "analfabetos".

Tomara Deus os nossos sacerdotes sigam o exemplo do Vaticano e não permitam que as pessoas entrem na Igreja e se aproximem da Eucaristia vestidos de forma indecente.

Tomara Deus os católicos se conscientizem de sua importância e da importância do seu Corpo como Templo do Espírito Santo, da importância da Eucaristia e comecem a vestir-se de forma digna, de forma que demonstrem que são filhos e filhas de Deus.

Homens: Nada de bermuda, chapéu e camisa sem manga na Igreja. Coloquem calças e camisas com manga

Mulheres: Nada de tomara-que-caia, decote, costas nuas, ombros e barriga à mostra, mini-saia, calças apertadas, leggings ou shorts curtos na Igreja. Coloquem saias, calças ou bermudas (que não sejam apertadas) que sejam, pelo menos, até o joelho e camisas com manga e sem decotes, sem costas nuas.

Direção para se viver como verdadeiros cristãos:

Podem-se estabelecer a este respeito quatro regras principais:

1. O vestuário deve ser proporcionado ao nascimento hierárquico de cada um; 2. aos seus meios; 3. à idade em que cada um se acha ; 4. ao estado de viúvo, casado ou solteiro. Assim Santo Agostinho repreendeu uma mulher casada, que queria vestir-se de preto como se fosse uma religiosa.

2 — Os vestidos servem não só para indicar a condição da pessoa que os traz, como para observar a decência, e proteger-nos contra os rigores das estações. Seria pois um grande mal violar o pudor, com os mesmos meios que servem para o proteger; e seria grande culpa sofrer frio, que pode ser nocivo à saúde, seguindo as modas caprichosas e levianas, ou antes loucas e ridicularmente extravagantes, que jamais se poderão conciliar nem com a fé do cristão, nem com a razão do homem.

3 — O piedoso Thomaz More, falando numa ocasião a uma jovem senhora que expunha a sua saúde aos rigores do frio, com o único fim de se distinguir pela elegância de seus vestidos, dizia-lhe: Deus será injusto para conosco, se vos não condenar ao inferno, vendo-vos tão corajosa e intrépida em sofrer tantos incômodos só para agradar ao demônio e aos seus sectários.

4 — Há mártires da fé; também há mártires da vaidade. Desejamos sofrer? Que o sofrimento seja coordenado à gloria de Deus e salvação nossa, e não à perdição de nossas almas.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress