CREDO IN LATIN
Provincia di Biella
Catolicismo Romano
Chiesa Cattolica Italiana
Provincia di Roma
Associação Madre Cabrini
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Enquete
O que você sabe sobre catolicismo romano?
 
Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
OS FRANCISCANOS NÃO DEVERIAM CELEBRAR A SANTA MISSA SEM MUITA BELEZA E MAGNIFICÊNCIA? PDF Imprimir E-mail

Padre franciscano celebrando missaAs biografias de São Francisco de Assis dizem que pesou-lhe quando ele descobriu uma igreja que estava suja. Ele pessoalmente começou a limpá-la, convocando o clero e instruindo-os sobre a limpeza das igrejas, os altares e totalmente preocupado com a celebração da Santa Missa.


São Francisco também teve um grande amor para com o Santíssimo Sacramento e queria que seus seguidores proporcionassem o melhor para Nosso Senhor. “Houve um tempo em que até quis mandar por todas as regiões frades com píxides, e onde encontrassem o Corpo de Cristo não convenientemente guardado, nelas O guardassem com dignidade." (Compilação de Assis, 108,13). São Francisco influenciou tremendamente na obtenção de uma calorosa devoção e apreciação da beleza de nossa fé católica. Santa Clara, da mesma forma, passou seus últimos anos fazendo lençóis para os altares de todas as igrejas da região. Os frades Capuchinhos foram os grandes propagadores do Concílio de Trento.

Além disso, seguir e observar as diferentes leis e práticas litúrgicas, de acordo com o pensamento da Igreja, está muito mais em harmonia com o verdadeiro espírito franciscano. Na realidade, estar em união com a Igreja é o que São Francisco exortou seus seguidores a fazer. Para alguns, isso não pode ser considerado um aspecto "muito importante". Há o princípio da opção preferencial pelos pobres na justiça social, mas isso não significa que somos ignorantes ou não estamos preocupados com a liturgia, porque os pobres participam da liturgia, também (os pobres de espírito e os pobres de fato). Eles merecem ser alimentados com as riquezas da Igreja. Se nós não as fornecemos com uma bela liturgia, então estamos tirando dos pobres aquilo com o que Jesus quer enriquecê-los, através da liturgia da Igreja. Assim, eles se tornam mais pobres. Nos velhos tempos, era muito comum que os pobres fossem os que construíam a igreja. Eles foram os que sacrificaram seu tempo, materiais, dinheiro, etc. A beleza de algumas das igrejas mais antigas era por causa da devoção da fé dos pobres, que não estava morta.

Além disso, São Francisco é um verdadeiro homem santo de Deus, que ama a Igreja e quem quer ser seu seguidor e também a ama, deve ser obedientes a Ela, e pensar com a mente da Igreja. Isto está bem claro em seu Testamento (Testamento de Sena, 4).

Portanto, tudo o que ele contém, tem que ser entendido nesse contexto. Portanto, celebrar a liturgia com devoção e com a beleza, de acordo com o pensamento da Igreja e do espírito da Igreja é fazê-lo segundo a vontade de São Francisco, que ama a Jesus Crucificado apaixonadamente, porque a mente da Igreja é a mente de Cristo.

 

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress