Catolicismo Romano
Chiesa Cattolica Italiana
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Associação Madre Cabrini
Provincia di Biella
Provincia di Roma
SINAIS DO CÉU QUE CONFIRMAM DOGMAS – PARTE III - ARTIGO ESCRITO PELA CATEQUISTA MÔNICA ROMANO PDF Imprimir E-mail
Corpos incorruptos

Quando vemos a notícia , primeiras questões que surgem: Porque eles existem? Como se mantem? E porque acontece na Igreja Católica?

Eles existem para provar a magnitude do poder de Deus, porque são estas pessoas e mesmo as não reconhecidas como santos ( e existem casos assim ) são amigas íntimas de Deus, muitas delas além da incorrupção corporal tiveram em suas vidas experiências místicas, receberam os estigmas, tiveram visões da Virgem Maria, devotaram sua vida totalmente ao amor a Jesus e a Igreja, era reconhecidamente santos. E como já afirmamos antes, representam sinais, mostram o caminho a ser trilhado, pois Deus quer eu todos nós sejamos santos assim como Ele é Santo, e mesmo que não atinjamos esta condição, porque Santo só é o Senhor, estejamos inclinados a imita lo.

Embora muitos corpos estejam muito bem preservados depois de muitos anos e séculos até, nem todos demonstram uma incorrupção completa, alguns apresentam incorruptas partes de seus corpos, outros exalam perfumes e óleos, outros são flexíveis e não conheceram o “rigor mortis” comum aos cadáveres. Embora sejam muito bem preservados, não significa que são corpos indestrutíveis, eles se deterioram como passar dos anos também. O corpo mais bem preservado que temos notícia que nos causa espanto e admiração é de Bernadette Soubirous, e mesmo assim, seu rosto recebeu uma pequena camada de cera para preservação dos traços, o que não invalida a incorrupção, pois mesmo que se coloque uma cana de cera sobre qualquer tipo de carne , esta se deteriorará. Apenas o que os mantem é o poder de Deus, e como não podem ser explicados pela ciência, são considerados milagres.

Não existe notícia de que fora da Igreja Católica haja relatos de corpos incorruptos, mesmo nos dias atuais onde temos uma enorme variedade de religiões e mesmo na Igreja onde a fé ainda declina. Corpos incorruptos são diferentes dos corpos dos faraós do Egito que usavam a técnica de embalsamento, são diferentes do corpo de Lenin , na Rússia que foi mantido no formol, são diferentes dos corpos de algumas pessoas que se mantiveram preservados como agentes como o gelo, e terra muito salgada e seca, isenta de umidade. Eles acontecem no meio católico por um motivo, levar a fé em Jesus Cristo, nosso único salvador e a sua Santa Igreja que constitui em um caminho pela qual podemos receber as graças dos Sacramentos e os meios para atingirmos e participarmos da nossa Salvação. Jesus pode nos salvar e nos salvou com Seu Sangue derramado na Cruz, mas ele quer nossa participação. Da mesma forma que Ele poderia ter removido sozinho com um simples mover de dedos a pedra que fechava o sepulcro de Lázaro de Betânia, Ele poderia nos salvar, mas Ele pediu aos apóstolos que movessem a pedra, e é isso que Ele quer de nós , que movamos a pedra.

Os corpos incorruptos dos santos confirmam nos um dos dogmas, que seremos restaurados após nossa morte, que ressuscitaremos dos mortos e viveremos a vida eterna. Eles são apenas amostras do que Jesus preparou para todos nós. A morte não é o fim, é apenas o começo.

Abaixo uma lista dos corpos incorruptos relacionados pela Igreja:

·         Santa Bernadette ( 1844-1879) –Vidente de Lourdes.
·         Beata Ana Maria Taigi ( 1769-1837) 
·         Angela da Cruz ( 1846-1932)
·         Beato Gaetano Catanoso ( 1879-1963)
·         São Carlos Sezze ( 1620- )
·         Santa Catarina Labourè ( 1806-1876) – Vidente Rua du Bac Paris
·         São Charbel Makluf ( 1828-1898)
·         Santa Clara de Montefalco ( 1268-1308) – Estigmatizada.
·         São Cura D”Ars ( 1786-1859)
·         São Pio de Pietrelcina ( 1887-1968) – Estigmatizado, dom da bilocação e profecia.
·         São Pio V ( 1504-1572)- Papa que venceu a guerra contra os turcos, defendeu a Igreja Católica com avida e alma, inclusive excomungando a Rainha Elisabete I, implantou várias norma no Concílio de Trento.
·         Eusébio de Roma ( 283-371)
·         São João Bosco ( 1815-1888)
·         Papa João XXIII ( 1881-1963)
·         Luís Orione ( 1872-1940)
·         Margarida Maria Lopes de Maturana ( 1884-1934)
·         Santa Rita de Cássia ( 1381-1547) Estigmatizada.
·         Santa Luzia ( 283-304)
·         Santa Verônica Giuliani ( 1660-1727) Estigmatizada
·         Santa Cecília ( 200-230)
·         São Vicente de Paulo ( 1581-1660)
·         Santa Zita ( 1218-1278)
·         Maria Cândida da Eucaristia ( 1884-1949)
·         São Pedro Julião Eymard ( 1811-1868)
·         Santa Catarina de Bolonha ( 1413-1463)
·         São Pio X ( 1835-1914)
·         Santa Maria Mazzarello ( 1837-1881)
·         Santa Aurélia ( I século da era cristã )
·         Santa Francisca das Cinco Chagas ( 1715-1791)
·         Santa Ágape
·         Beata Maria de São José ( 1875-1967)
·         Beato Sanna de Andreasi
·         Beato Bell Eusini
·         Santa Eufêmia de Calcedônia
·         Santa Maria de Jesus Agreda ( 1602-1665)
·         Santa Patrícia 
·         Santo Ezequiel Moreno (1848-1905)
·         São Francisco Xavier ( 1506-1552)
·         São Inácio de Lanconi ( 1701-1781)
·         São Salvador de Horta ( 1520-1567)
·         São Ubaldo de Gubbio ( 1085-1160)
·         Beato Aloysius Stepenac ( 1898-1960)
·         São Silvano ( Primeiro século da era Cristã )
·         São Sebastian Aparício (  1502-1600)
 
Mônica Romano é catequista em Belo Horizonte, Minas Gerais, e colaboradora do Portal Catolicismo Romano.
 
 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress