Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Chiesa Cattolica Italiana
Associação Madre Cabrini
Catolicismo Romano
Provincia di Roma
FATO RARAMENTE DIVULGADO: CONSAGRAÇÃO CÍVICA DO BRASIL AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, OCORREU EM 1955 PDF Imprimir E-mail

Brasil é consagrado ao Sagrado Coração de Jesus, em 1955Pouquíssimas pessoas conhecem este fato, já que na putrefação moral e decadência administrativa a que lançaram o Brasil, ele é propositadamente esquecido. Sequer é eventualmente divulgado.

A Consagração Cívica do Brasil ao Sagrado Coração de Jesus em 1955 talvez seja uma novidade para você. 

Conteúdo original em: http://totusmariae.org/blog/igreja/consagracao-civica-do-brasil-ao-sagrado-coracao-de-jesus/


O cardeal legado Dom Benedito Aloisi Masella, celebrou a missa de encerramento do Congresso Eucarístico Internacional na manhã do dia 24 de junho de 1955. Também concedeu a bênção papal ao povo brasileiro, concedendo indulgência plenária, na forma comum da Igreja, a todos quantos fizeram sua confissão e penitência.

Terminada a cerimônia, o presidente do Senado, Nereu Ramos, subiu ao altar e, em nome do parlamento, proferiu o discurso de consagração do Brasil ao sagrado Coração de Jesus.

“A consciência e os sentimentos cristãos do povo brasileiro, por suas expressões mais lídimas e afirmativas, vem desde muito revelando o nobre desejo, o elevado propósito e a inafastável aspiração de entregar os destinos da pátria ao Sagrado Coração de Jesus, no qual, segundo o apóstolo, estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência (...) Entreguemos, pois, numa reafirmação de confiança e de fé ao Sagrado Coração de Jesus, ratificando solenemente a vitoriosa consagração do Excelso Episcopado Nacional, os superiores destinos do Brasil (...) Assim, em meio às tormentas que desabaram sobre a Terra, poderemos dizer sempre como aquele excelso sucessor de São Pedro: ‘O Coração Santíssimo de Jesus é sinal divino de vitória. Nele colocamos todas as nossas esperanças. Dele é que devemos esperar a salvação’ ” (trecho do discurso do presidente do Senado, Nereu Ramos).

Diferente dos dias atuais, naquela época quase toda a população brasileira era católica, e o mês de junho é destinado, justamente, ao Sagrado Coração de Jesus. O documento de solicitação foi assinado por 58 senadores, 250 deputados federais, 55 ministros do Supremo Tribunal, do Tribunal Superior do Trabalho, do Tribunal de Recursos, do Superior Tribunal Militar e por 60 vereadores que representavam a população do Distrito Federal.

Após o discurso, todas as autoridades presentes subiram ao altar e, de joelhos, acompanhadas pela incalculável quantidade de fiéis, rezaram juntos o texto que consagrava o país ao Coração de Jesus.

Oração de Consagração do Brasil


“Coração Eucarístico de Jesus, Coração do Homem-Deus, Coração de Cristo-Rei, Salvador da Humanidade, Senhor dos Senhores, Juiz Supremo dos indivíduos e das Nações.

Nós, como legítimos representantes do povo brasileiro, aqui vimos entregar-vos os destinos de nossa Pátria, que Vos foi consagrada pelo Episcopado Nacional, em presença do Chefe do Governo, no alto do Corcovado.

Neste momento culminante de nossa história, atendendo ao apelo de milhares de vozes, no mais vasto plebiscito de Religião e patriotismo, vimos ratificar esta consagração nacional ao Vosso Divino Coração. A Vós consagramos todos os Estados e territórios do Brasil com suas grandezas naturais, suas empresas e realizações, suas riquezas materiais, seu patrimônio espiritual e moral.

Reinai em nossos lares, santificando todas as famílias desde as mais abastadas as mais pobres. Reinai em todas as atividades dos homens. Sede luz dos homens de estudo, a defesa da Pátria, pelas Forças Armadas, a sapiência dos Legisladores, a justiça dos Magistrados, a orientação do Governo.

Agradecemos Vossas dadivosas bênçãos à nossa Pátria e, reconhecendo nossos erros e ingratidões, pedimos Vosso perdão e misericórdia.

Por Maria Santíssima, a Virgem Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, suplicamos Vossa bênçãos para a felicidade de nosso povo, agora e sempre. Amém.

 

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress