Catolicismo Romano
Chiesa Cattolica Italiana
Associação Madre Cabrini
Provincia di Roma
Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
BERGOGLIO E SUA LIGAÇÃO COM O COMUNISMO: PAPA DIZ QUE MORTE DE FIDEL É UMA "TRISTE NOTÍCIA" PDF Imprimir E-mail

O papa Francisco mais uma vez demonstrou sua aproximação com o comunismo, entrando em contraponto com os dogmas católicos.

 

Bergoglio definiu como uma "triste notícia" a morte do comunista e ex-ditador Fidel Castro, que faleceu aos 90 anos de idade.

"Ao receber a triste notícia da morte pelo seu caro irmão, o excelentíssimo senhor Fidel Alejandro Castro Ruz, ex-presidente do Conselho de Estado e do governo da República de Cuba, expresso os meus sentimentos de dor aos familiares do defunto, assim como ao governo e ao povo desta amada nação", disse o Papa, em um telegrama enviado à ilha em nome de Raúl Castro.

Francisco se reuniu com Fidel em 20 de setembro de 2015, durante uma visita à casa do líder revolucionário em Havana. O encontro durou cerca de 35 minutos, de acordo com a Santa Sé, e ocorreu na ocasião de uma viagem oficial de quatro dias pela ilha. 

 

Triste notícia sr. Bergoglio???? Sua ditadura cubana, de 1959 até 2004 mostram que foram fuzilados 5.621 pessoas. Assassinados extrajudicialmente: 1.163. Presos políticos mortos no cárcere por maus tratos, falta de assistência médica ou causas naturais: 1.081. Guerrilheiros anticastristas mortos em combate: 1.258. Foram mortos 14.160 soldados cubanos em missões no exterior. Mortos ou desaparecidos em tentativas de fuga do país foram 77.824. Civis mortos em ataques químicos em Mavinga, Angola foram 5.000. Guerrilheiros da Unita mortos em combate contra tropas cubanas foram 9.380. Total: 115.127 . Fora os milhares que morreram no mar fugindo para Miami e mais de 1 milhão de refugiados.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress