Catolicismo Romano
Associação Madre Cabrini
Provincia di Roma
Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Chiesa Cattolica Italiana
Papa Francisco se reúne com 4 gerações de família de refugiados PDF Imprimir E-mail
Antes de se reunir com o primeiro-ministro de Portugal, Antonio da Costa, neste sábado (13), o papa Francisco teve um reencontro especial na Casa Nossa Senhora do Carmo, onde passou a noite.   


Ele se encontrou com nove membros de uma família de refugiados palestinos que havia conhecido no ano passado, quando celebrou a cerimônia de Lava Pés no centro de acolhimento de imigrantes em Castelnuovo di Porto, na Itália.   


Jorge Mario Bergoglio se mostrou muito feliz em rever a família, os reconheceu, pediu como estavam e os incentivou a andar adiante. Além disso, abraçou e fez brincadeiras com algumas das crianças Dardir.   


A família Dardir é mais conhecida como a “família Amina” por conta do nome da bisavó que fugiu da Palestina em 1950 e que há quatro gerações busca refúgio em outras nações para fugir de guerras. Há um ano, os Dardir foram acolhidos por Portugal e haviam solicitado um encontro com Francisco para falar sobre a nova vida.   


Eles moram em um cidade muito próxima a Fátima e continuam recebendo apoio da fundação Auxilium, que pertence à ONG católica Caritas. Segundo o padre Enzo Fortunato, que acompanha a família, o prefeito local deu uma casa e ofereceu trabalho para os adultos da família e eles “se integraram muito bem” à comunidade local.   


A história das quatro gerações da família Dardir é considerada muito emblemática pelo Papa. Em 1950, a bisavó Amina deixou a Palestina e foi para o Iraque e lá viveu até 2003, quando foi obrigada a abandonar sua casa e fugiu para a Líbia.   


De lá, após os membros da família sofrerem violências de todos os tipos, eles embarcaram na perigosa viagem marítima até a ilha italiana de Lampedusa. Após serem recebidos e cadastrados pelas autoridades da Itália, a família foi para Castelnuovo di Porto, que fica na província de Roma, e de lá para Portugal.   


Além de toda a história que a família carrega, a cerimônia do Lava Pés na Itália teve outro episódio muito significativo: Amina reconheceu entre os refugiados que foram convidados para o rito um jovem que fazia parte de uma família de conhecidos na Líbia. Desde então, eles mantém contato na Europa.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress