Associação Madre Cabrini
Provincia di Roma
Catolicismo Romano
Provincia di Biella
Santuario D’ Oropa – Biella – Italia
Chiesa Cattolica Italiana
No dia das Mães, Papa Francisco pede "atenção concreta" à maternidade PDF Imprimir E-mail
O papa Francisco enviou uma saudação para as mamães de todo o mundo neste domingo (14), dia que muitas nações celebram como o Dia das Mães, e pediu que todos deem uma “atenção concreta” à maternidade.   


“O futuro de nossas sociedades pede de todos, especialmente das instituições, uma atenção concreta para a vida e para a maternidade. E isso é particularmente muito significativo porque hoje se celebra, em tantos países, a festa das mães. Recordemos com gratidão e afeto todas as mães, também as nossas mães no céus, confiando-as à Maria, a mãe de Jesus”, disse durante a cerimônia Regina Coeli no Vaticano.   


Durante a celebração, Jorge Mario Bergoglio também falou sobre a canonização dos Pastorinhos de Fátima, celebrada neste sábado (12) com uma missa em Portugal, e ressaltou que a ideia desse ato “é propor a toda a Igreja que tenha cuidado com as crianças”.   


“Também hoje há muita necessidade de oração e de penitência para implorar a graça da conversão, como também o fim de tantas guerras que ocorrem por todo o mundo e que aumentam cada vez mais,bem como os absurdos conflitos, grandes ou familiares e pequenos, que desfiguram o rosto da humanidade”, disse o Pontífice.   


“A santidade dos dois [pastorinhos] não é uma consequência das aparições, mas da fidelidade e do ardor com o qual conseguiram ter o privilégio de ver a Virgem Maria”, acrescentou sobre as duas crianças, Jacinto e Francisca, que se tornaram os mais jovens santos da Igreja Católica.   


– Oração por perseguidos: Durante a cerimônia, Bergoglio também rezou pelas minorias perseguidas por sua fé em diversas regiões do mundo, especialmente, no Oriente Médio.   


“Confio à Maria a sorte das populações afligidas pela guerra e conflitos, em particular, no Oriente Médio. Tantas pessoas inocentes são duramente testadas, sejam cristãs, muçulmanas, pertencentes à minorias como os yazidis, e aqueles que enfrentam trágicas violências e discriminações”, disse afirmando que vai rezar para um “caminho de diálogo e reconciliação”.

 
< Anterior   Próximo >
Copyright © 2010 Catolicismo Romano | Powered by UNOPress